31 de mar de 2010

Cientistas comprovam a existência das 10 pragas do Egito

Cientistas comprovam a existência das 10 pragas do Egito, porém, dizem que foi uma cadeia de coincidências. E você, o que acha?

A sugestão da matéria é do nosso amigo Buzzi, que envia o link com a matéria completa, publicada no site Gnotícias.

"Achei interessante", afirma Buzzi, ao sugerir o assunto

Pesquisadores acreditam terem encontrado evidências dos verdadeiros desastres naturais das dez pragas do Egito, que levou Moisés a libertar os israelitas da escravidão no livro bíblico Êxodo.

Mas ao invés de explicá-los como decorrentes de um ato de Deus, os cientistas afirmam que as causas das pragas podem ser atribuídas a uma cadeia de fenômenos naturais provocados por mudanças no clima e as catástrofes ambientais que aconteceram há centenas de quilômetros de distância.

Eles compilaram evidências convincentes que oferecem novas explicações para as pragas bíblicas, que será apresentada em uma nova série a ser transmitida no canal de televisão Nacional Geographic no domingo de Páscoa.

Os arqueólogos acreditam amplamente que as pragas ocorreram numa antiga cidade de Pi-Ramsés no Delta do Nilo, capital do Egito durante o reinado do faraó Ramsés, o Segundo, que governou entre 1.279 aC e 1.213 aC.

A cidade parece ter sido abandonada há 3.000 anos atrás e cientistas afirmam que as pragas poderiam oferecer uma explicação para este abandono. Climatologistas que estudaram o clima antigo descobriram uma mudança drástica no clima da região, que ocorreu no final do reinado de Ramsés, o Segundo.

Ao estudar estalagmites em cavernas egípcias, os climatologistas foram capazes de reconstruir um registro dos padrões de tempo usando os traços de elementos radioativos contidos na formação calcária.

Eles descobriram que esses fatos coincidiram com o reinado de Ramsés. Antes havia um clima quente e úmido, mas depois o clima mudou para um período de seca.

O professor Augusto Magini, paleoclimatologista no instituto da Universidade de Heidelberg para a física do ambiente, disse que o “Faraó Ramsés II reinou durante um período muito favorável climáticas. Houve muita chuva e seu país floresceu. Este período úmido durou apenas algumas décadas. Após o reinado de Ramsés o clima faz uma curva acentuada para baixo em um gráfico. Há um período de seca, que certamente teria tido consequências graves”. Os cientistas acreditam que este parâmetro no clima foi o ponto de partida para a primeira das pragas.

O aumento das temperaturas poderia ter feito o rio Nilo secar, transformando o rio que flui rápido (que foi salva-vidas do Egito) em um movimento lento e cursos de água lamacenta.

Estas condições teriam sido perfeitas para a chegada da primeira praga, que na Bíblia é descrita como o Nilo voltando-se para o sangue.

O dr. Stephan Pflugmacher, biólogo do Instituto Leibniz de Água Ecologia e Pesca Interior, em Berlim, acredita que esta descrição poderia ter sido o resultado de uma alga tóxica de água doce. Ele disse que a bactéria, conhecida como Borgonha ou algas Blood Oscillatoria rubescens é conhecida por ter existido há 3.000 anos e ainda hoje provoca efeitos semelhantes.

“Ela se multiplica maciçamente no movimento lento das águas quentes com altos níveis de nutrição. E quando morre deixa manchas vermelhas na água”, disse.

Os cientistas também afirmam que a chegada deste conjunto de algas em movimento acarretou a chegada da segunda, terceira e quarta pragas – rãs, piolhos e moscas.

O desenvolvimento de girinos em adultos é regulado por hormônios que podem acelerar o seu desenvolvimento em tempos de estresse. A chegada das algas tóxicas teriam desencadeado tal transformação e forçou os sapos a deixarem a água em que viviam.

Com a morte das rãs, os mosquitos, moscas e outros insetos teriam se multiplicado por causa da falta de predadores. Esse fato, de acordo com os cientistas, poderia ter ocasionado a quinta e sexta pragas – gado doente e furúnculos.

“Nós sabemos que muitas vezes os insetos portadores de doenças como a malária provocam uma reação em cadeia, que é o surto de epidemias, fazendo com que a população humana fique doente”, explicou o professor Werner Kloas, biólogo do Instituto Leibniz.

Outra grande catástrofe natural que ocorreu a mais de 400 quilômetros de distância pode ser a responsável por desencadear a sétima, oitava e nona pragas, que trazem granizo, gafanhotos e trevas para o Egito.

Uma das maiores erupções vulcânicas da história da humanidade ocorreu quando Thera, um vulcão que fazia parte do arquipélago mediterrâneo de Santorini, ao norte da ilha de Creta, explodiu há cerca de 3.500 anos atrás. Essa erupção “vomitou” milhões de toneladas de cinzas vulcânicas na atmosfera.

Nadine von Blohm, do Instituto de Física Atmosférica da Alemanha, fez experiências sobre como se forma o granizo e acredita que as cinzas vulcânicas podem ter relação com trovoadas no Egito para produzir tempestades de granizo.

O dr. Siro Trevisanato, biólogo canadense que escreveu um livro sobre as pragas, disse que os gafanhotos também poderiam ser explicados pela vulcânica cair fora das cinzas.

“A queda de cinzas para fora do vulcão causou anomalias climáticas, que se traduz em precipitações mais elevadas e maior umidade. Isso é exatamente o que favorece a presença dos gafanhotos”, disse.

As cinzas vulcânicas também poderiam ter bloqueado a luz do sol realizando a história de uma praga da escuridão.

Os cientistas encontraram pedra-pomes, a pedra feita de arrefecimento de lava vulcânica, durante as escavações das ruínas do Egito, apesar de não haver qualquer vulcão no Egito.

A análise das rochas mostram que ela veio do vulcão de Santorini, fornecendo evidências físicas de que a precipitação de cinzas da erupção em Santorini atingiu a costa egípcia.

A causa da última praga, a morte dos primogênitos do Egito, tem sido sugerida como sendo causada por um fungo que pode ter envenenado o abastecimento de grãos, dos quais meninos primogênitos teriam prioridade em receber os alimentos da colheita, por isso foram a primeira vítima.

Mas o Dr. Robert Miller, professor de Antigo Testamento da Universidade Católica da América, disse: “Eu estou relutante em avançar com as causas naturais para todas as pragas”.

O problema com as explicações naturalista é que elas perdem o sentido. “E a questão toda é que você não saiu do Egito por causas naturais. Você veio pela mão de Deus”, disse.

30 de mar de 2010

1º Culto da MiUni 2010

O culto de abertura do semestre da MiUni aconteceu no último domingo, dia 28 de março. De acordo com Filipe Ferrari, um dos miuneiros, o número de participantes foi bom, referindo-se aos 88 presentes. "Ainda mais por conta da chuvinha que caía preguiçosamente exatamente naquele horário", percebe. Para ele, o culto se desenrolou de maneira fluida e agradável: "Após um período de louvor, o P. Dr. Leandro Hofstätter nos brindou com a esclarecedora prédica sobre Fé e Tentação. Depois, informações sobre o retiro e o site da MiUni foram expostas e, por fim, um gostoso lanche com pães, patês e sucos para um momento de comunhão", destaca o acadêmico de História.

Filipe Ferrari é acadêmico de História e faz parte da MiUni desde o início

O P. Renato Becker, que caminha junto com a MiUni, também nos dá a impressão que teve do culto, pensado com muito carinho por todos os participantes:

Renato Becker, numa de suas viagens, descansando à sombra de uma oliveira

"O Domingo de Ramos passou. Foi gratificante ver o pessoal que compõe a MiUni celebrando o seu Culto de Abertura do 1º semestre de 2010. Gente engajada que pensa um momento novo em meio ao povo universitário aqui em Joinville, a partir da Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil. A comunidade que se fez presente pode ouvir a boa palavra do P. Dr. Leandro Hofstätter, que discorreu sobre o tema "Fé e Preconceio". Vimos que a fé se expandiu no mundo, muito pela coragem das mulheres; que Jesus Cristo orou por Pedro e que este, mesmo assim, não deu conta de colocar em prática tudo o que sabia, em termos de teoria; que Deus investe naqueles que se achegam a Ele. Confesso que saí do culto pensativo. A gente às vezes se mascara com ideias e com falas e posturas fortes. É no dia-a-dia que a nossa fé cresce; é na resolução dos problemas diários que ela se fortifica. Deus nos chamou para vivermos o Seu Evangelho em Joinville. Podemos dar o melhor de nós, não só um pouco em prol deste projeto. Pedro acabou dando tudo..."

Bom, se você não pode estar junto conosco neste dia, viu quanta coisa perdeu, né? Mas não se preocupe! Ainda há tempo para muito aprendizado sobre este e outros temas. Participe da MiUni e venha viver mais o amor daquele que realmente tem investido em nossa capacidade e talento. Deus está te chamando também, não fique de fora!

Para terminar, vale a pena acrescentar que a data e o local do 1º Retiro MiUni 2010 já estão definidos, bem como o palestrante: nos dias 24 e 25 de abril, em Itajuba, com certeza seremos agraciados com o estudo que Claudio Becker está se dispondo a compartilhar. Não deixe para se inscrever de última hora, pois as vagas já estão quase acabando, hein? Agilize-se. Para mais informações, escreva para miuni.blog@gmail.com :)

(As fotos são meramente ilustrativas; não representam o real momento das fontes da postagem. Hoje, eles estão muito mais sérios e, é claro, galãs. A idade está lhes fazendo bem, acreditem. (É só pra descontrair, pessoal, e mostrar que somos jovens, descolados, coisa e tal)).

29 de mar de 2010

Tá afim de fazer intercâmbio?

O portal Acontecendo Aqui está divulgando uma revista eletrônica voltada para os públicos jovem e adulto, chamada Planeta Intercâmbio. Lançada pela World Study, que tem uma unidade em Florianópolis, a revista aborda assuntos relacionados com a viagem e a vivência em outros países, sempre com informações sobre programas de intercâmbio.



Para quem se interessa em fazer algum programa de imersão no exterior, é só acessar www.planetaintercambio.com.br e ficar por dentro.

A jovem pastora da Igreja da Paz

O jornal A Notícia do último sábado publicou uma matéria bem bacana com Eli Elisia Deifeld, a nova pastora da Igreja da Paz. Aos 31 anos, ela acaba de assumir os cultos e as atividades com os jovens e os idosos da tradicional comunidade luterana de Joinville.


"Se antes as visitas ao Estado eram apenas por causa das praias catarinenses, hoje Eli Elisia Deifeld fez de Joinville a cidade onde vai trabalhar e morar nos próximos anos. Ela é a primeira pastora à frente dos cultos da Igreja da Paz, a comunidade luterana mais antiga de Joinville. Além disso, os fiéis irão perceber outro novo detalhe: Eli tem 31 anos e foge à regra dos pastores com cabelos já grisalhos.

A novidade foi bem recebida pela comunidade luterana. Tanto nos cultos quanto nas outras atividades das quais Eli participa, afirma a pastora. É ela também quem já está comandando os encontros de jovens, idosos e o ensino confirmatório, além de outros grupos específicos para discussões de textos bíblicos, por exemplo.

Sobre o fato de ser a primeira pastora da Igreja da Paz, ela se orgulha.

— A Igreja Luterana é pioneira em ordenar mulheres e a Paróquia da Paz está dando um grande passo —, avalia.

Para Eli, a possibilidade de morar em lugares diferentes por causa da igreja é muito rica.

— É uma chance de conhecer outras culturas e como funcionam as igrejas em diferentes regiões —, explica.

Mas Eli destaca que esse período não pode ser muito curto, já que é preciso de tempo para a comunidade ter afinidade com seu pastor e para que ele consiga desenvolver um bom trabalho. Por isso, os frequentadores da Paróquia da Paz ainda terão uns bons anos com a pastora Eli no altar.

Antes de passar em uma entrevista e ser convidada para pastorear na Igreja da Paz, ela apresentava cultos em três cidades no Rio Grande do Sul.

O ensino confirmatório, na Igreja Luterana, é equivalente à catequese, na Igreja Católica. E foi nesse período, quando tinha 12 anos, que Eli começou a se interessar pela teologia. Em 2004, ela formou-se e está em Joinville desde o começo de março, quando deixou São João da Patrulha para mudar-se com o marido Thiago Alonso Hinkel.

— Nós morávamos em uma cidade muito pequena e, tanto ele quanto eu, nos empolgamos quando surgiu a possibilidade de vir pra cá —, conta.

Para Thiago, é a primeira vez, mas Eli já havia passado por Joinville. Mesmo assim, foi uma visita breve para participar de um festival de teatro e não deu para conhecer bem a cidade. Agora, com residência fixa, o olhar é mais atento.

— A cidade é bonita e organizada e, apesar de ser grande, nos lembra as pequenas cidades do interior —, descreve.

O cenário também agradou: Eli mora na casa que fica ao lado da igreja, no Centro da cidade".

26 de mar de 2010

Atenção! O Culto da MiUni é no domingo. Venha!!!

A MiUni convida a todos para participar do Culto de Abertura do Semestre: é no domingo, 28 de março, às 19h, na Paróquia São Mateus. "A fé e o preconceito" serão abordados pelo Pastor Dr. Leandro Otto Hofstatter, coordenador do Ensino Superior do Bom Jesus/Ielusc.

O P. Dr. Leandro nasceu em Corbélia, distrito de Cascavel, no Paraná, em 1969. Foi para o Rio Grande do Sul e se formou na EST, em São Leopoldo, em dezembro de 1995. Logo depois cursou mestrado em Teologia, sendo enviado à paróquia de Dois Irmãos, na Serra Gaúcha. Permaneceu lá por dois anos e, em seguida, foi enviado pela Igreja para realizar o doutorado (na área de Filosofia) em Bremen, na Alemanha. De lá, veio direto para Joinville, em 2005, assumindo então a Paróquia dos Apóstolos. Hoje, pastor em função docente, coordena o Ensino Superior do Bom Jesus/Ielusc. Com certeza ele tem muita coisa boa para repartir conosco...

Chame a família e os amigos e conheça um pouco mais do trabalho e dos sonhos da MiUni, além de usufruir de momentos especiais de comunhão. Não dá pra perder.

Esperamos você!

25 de mar de 2010

Quer personalizar seu notebook?

Personalizar um notebook não é só rearrumar os ícones na área de trabalho e colocar aquele fundo de tela de pôr-do-sol que você acha que é super exclusivo da sua pessoa (não é).

Por isso, o site gizmodo destaca 22 ideias para você dar aquele toque pessoal na sua máquina, mesmo quando acaba a bateria e ela vira só um peso na mochila. É legal que tem preço e dica de onde encontrar. Dá uma olhada: www.gizmodo.com.br/conteudo/22-ideias-para-personalizar-o-seu-notebook

Os relógios coloridos voltaram!

Embora hoje em dia os celulares sejam os mais consultados para saber que horas são, ainda há quem (assim como eu) não consegue não usar o bom e velho relógio de pulso. Como moda não tem prazo de validade, vai e volta, agora é a vez dos famosos relógios coloridos dos anos 80 (e 90, como no meu caso) voltarem com tudo!Verde-limão, pink, amarelo, roxo, azul, vermelho, laranja... vale misturar cores também. A onda do Champion Troca Pulseiras está tomando conta de vários pulsos por aí. Será que a moda colorida vai pegar no inverno também? E você, o que acha de dar um "up" no visual?

No www.championtrocapulseiras.com você pode conferir 30 novas cores, que resultam em mais de 21 milhões de combinações. O mais bacana é que a marca está dando um relógio por dia (um kit com cinco cores). Para concorrer, é só se inscrever e participar de um jogo (é permitida uma tentativa por dia); se você acertar a combinação, envia uma frase contendo "Champion Troca Pulseiras" e pronto, é só torcer (eu, é claro, já mandei várias frases, mas até agora nada... por isso, se alguém quiser me presentear antes do próprio site, aceito de bom grado :)).

24 de mar de 2010

Resultado da enquete

Saiu o resultado da primeira enquete miuneira!

Como respostas para a questão de "que assuntos você gostaria de ver por aqui?", tivemos os seguintes números:

Música - 6 votos (33%)
Cinema - 4 votos (22%)
Literatura - 7 votos (38%)
Design - 1 (5%)

Como consequência, mais material sobre literatura marcará presença por aqui... bem como sobre música, cinema e design. Afinal, todos os assuntos interessam, não acham?

Agora, não perca tempo e vote na nova enquente, muito mais "deliciosa"!

23 de mar de 2010

Hora do Planeta

No próximo sábado, 27 de março, entre 20h30 e 21h30, o Brasil participará oficialmente da Hora do Planeta. Das moradias mais simples aos maiores monumentos, as luzes serão apagadas por uma hora, para mostrar aos líderes mundiais a preocupação dos brasileiros com o aquecimento global.

O projeto não é novo. Começou em 2007 em Sidney, na Austrália. No ano seguinte, 371 cidades participaram. Em 2009, o Brasil participou pela primeira vez, contribuindo nas estatísticas de mais de 4 mil cidades de 88 países que apagaram as luzes.

E aí, quer participar da Hora do Planeta? Basta se cadastrar aqui. O cadastro permite que sejam avaliadas quantas pessoas apagaram as luzes. Depois, é só espalhar a mensagem para o maior número de pessoas possíveis, formando uma grande corrente pelo futuro do planeta.

Para saber o que acontece no mundo inteiro na Hora do Planeta, acesse www.earthhour.org.

22 de mar de 2010

Os primeiros passos

Ontem, no encontro da MiUni, conversamos sobre os dois primeiros capítulos do livro "Em seis passos o que faria Jesus", de Paulo Brabo.

Quem quiser ler na íntegra o material utilizado ontem, é só acessar a sessão Estudos aqui do site. O texto e as perguntas de debate já estão publicados.

Para quem desejar adiantar a leitura para as próximas reuniões, basta clicar aqui e baixar a versão em PDF (o trabalho do autor é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil).

Aproveitando o post, não esqueça que no próximo domingo, dia 28, não teremos reunião da MiUni, mas sim, o culto de abertura do semestre. É na São Mateus, às 19h. A palavra será levada pelo Pastor Dr. Leandro Otto Hofstatter, da Paróquia dos Apóstolos (também coordenador do Ensino Superior do Bom Jesus/Ielusc). Chame a família e os amigos e não deixe de participar!

Viva a água!

Hoje, 22 de março, se comemora o Dia Mundial da Água. E, nada melhor do que nessa ocasião, lembrarmos que em diversos lugares do mundo milhares de pessoas já sofrem com a falta desse bem primordial e insubstituível.

Num momento em que tanto se fala sobre "sustentabilidade", é hora de contribuirmos evitando o desperdício de água. E essa medida é urgente, pois só no Brasil, por exemplo, gastamos cinco vezes mais água do que o necessário: nosso consumo é de cerca de 200 litros por dia por pessoa, sendo que a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que o número de litros não ultrapasse 40. Outro dado alarmante dá conta de que 80% do esgoto coletado por aqui vai parar em cursos d'água sem receber nenhum tratamento.

E aí, você tem contribuído com a preservação deste recurso natural importantíssimo, ou continua achando que, se tem para o seu consumo, danem-se as gerações futuras?

Fique ligado e faça a sua parte. Vamos evitar que, a cada 15 segundos, uma criança morra por falta d'água e saneamento adequados.

21 de mar de 2010

Domingo é dia de MiUni

Não esqueçam que hoje, às 20h30, tem mais uma super reunião da MiUni.

Para reflexão, os dois primeiros capítulos do livro "Em seis passos o que faria Jesus".
Não fique fora dessa! Te esperamos lá :)

20 de mar de 2010

Saiba mais sobre o volunturismo

Tá afim de viajar, conhecer lugares diferentes e, de quebra, ajudar comunidades carentes?

Esta é a proposta do volunturismo. A ideia consiste em visitar destinos e passar sua estadia ajudando instituições, trabalhando em comunidades ou revertendo lucros para trabalhos sociais.

Tudo bem que viajar para trabalhos voluntários não é nenhuma novidade. A diferença do volunturismo, porém, está no participante, que não precisa ser especialista em alguma área para ajudar. Tendência do turismo mundial, a atividade já conta com diversas agências de viagens e empresas que oferecem suporte para que o turista desfrute de seu passeio e integre algum serviço comunitário.

A única coisa que pode dificultar um pouquinho são os custos, pois o volunturismo não é movido por ganhos financeiros, ou seja: quem quiser, paga pela viagem e pela acomodação.

Ficou interessado? Então, clique aqui, aqui e aqui para saber mais.

18 de mar de 2010

Você conhece o Jorev?

Jorev Luterano é o jornal nacional da IECLB. Seu objetivo é ser uma ferramenta de integração, fortalecimento e motivação de lideranças e comunidades por meio da informação e de uma comunicação afirmativa, construtiva e voltada para o cumprimento da missão da Igreja. Mensalmente, leva aos leitores motivação, reflexão e formação.

A proposta do Jorev é baseada na crença de que o conhecimento da nossa doutrina, que assumimos ao nos professarmos luteranos, é um dos elementos indispensáveis para que possamos, cada vez mais, expressar e viver a nossa fé e propagar os valores do Evangelho dentro e fora da Igreja.

Acesse www.jorevluterano.com.br, cadastre-se (gratuitamente) e fique por dentro.

Pinturas 3D

Será que são só pinturas mesmo?
Foi publicado no Limão, "sub-site" do Estadão.



Tchan, tchan, tchan, tchan... eis o truque:


17 de mar de 2010

Montanha russa da Ferrari

Direto do Motorpasion, o mundo encantado da Ferrari.
Miuneiros, que tal irmos nos planejando para as férias de final de ano? :)

O mundo encantado da Ferrari World Abu Dhabi divulgou a primeira imagem do carrinho da montanha russa que fará parte das atrações do megalomaníaco parque. Nada menos que uma “Ferrari” para 4 ocupantes inspirada no modelo F430 Spider.

A montanha russa é apenas uma das 20 atrações do parque temático e consiste em dois trilhos dispostos lado a lado nos quais em cada um passeia moderadamente em uma Ferrari competindo com outra do trilho vizinho. Sem dúvidas, das imitações de Ferrari que se fazem por ai, esta deve ser a mais divertida.

A expectativa é que o parque – de 550 mil metros quadrados – seja inaugurado na segunda metade deste ano, mas como se pode ver nos detalhes da foto acima, aparentemente, ainda há muito por fazer. Certamente um dia ele fará parte do meu planejamento de férias.

Bom pra cachorro

Uma cadela da raça Husky, de cinco anos de idade, virou sucesso na internet na China depois que sua proprietária publicou fotos do animal chamado Ice vestindo uma fantasia de super-homem. Foi publicado no Planeta Bizarro, do G1.


E aí, o que acham de aderir a moda para seus cães também? Ficou fashion.
Por falar em cães, Ice está a procura de um namorado. Será que ela encontra um super-dog brasileiro?

16 de mar de 2010

P22 Chorus

Descobri o PS22 Chorus hoje e fiquei encantada.

Considerado o coral mais cool dos últimos tempos, o grupo de crianças faz sucesso no Youtube com os vídeos de performances de músicas pop. Formado por alunos do ensino fundamental de uma escola de Nova York, a Public School 22 (daí PS22), foi considerado pela revista "New Yorker" o melhor coral de escola do planeta. Não é pouca coisa, hein?

Todo ano os alunos fazem teste para fazer parte do coral e, uma vez que o grupo está formado, eles ensaiam duas vezes por semana com o professor Gregg Breinberg (que é uma figura, como dá para perceber pelos vídeos). Além das apresentações no próprio colégio, eles se apresentam em outros eventos e até já cantaram para o presidente Obama.

Muitos membros do coral, que é etnicamente diversificado, vêm de famílias pobres e sofridas que se inscrevem para receber a merenda escolar gratuita. Para alguns deles, o inglês é uma segunda língua, o que muitas vezes também leva a dificuldades acadêmicas.

No YouTube tem uma lista enorme de vídeos do PS22. Aqui, posto dois dos que eu mais gostei, para deixar com gostinho de quero mais:





Rádio web em Joinville

Joinville terá rádio na web com programação em alemão e português. O projeto, chamado de Difusão da Germanicidade, é do radialista Nivo Walz. Os internautas poderão ouvir pelo www.germaniadesempre.com.br programas como "Encontro Musical dom a Suíça", "Eco Musical da Áustria"e "Onda Musical Alemã". Outros quatro programetes ainda serão veiculados, sendo um em alemão e três em português.

O site, que também disponibilizará uma coletânea de crônicas escritas pelo radialista, ainda está em fase de testes. O novo estúdio está sendo implantando dentro da Sociedade Cultural Lírica.

A notícia original foi publicada no jornal Notícias do Dia de hoje.

Como não criar um outdoor

Nota publicada ontem no Acontecendo Aqui dá uma super dica de como não criar um outdoor. Eu achei muito boa (hahaha).

Como leitor diário desse portal, que é a nossa referência sobre o que acontece em nosso mercado, sinto-me na obrigação de enviar uma contribuição para quem costuma usar a mídia exterior em suas táticas de veiculação. Toda vez que saio de casa dou de cara com este outdoor. E, mesmo assim, ainda não consegui ler por inteiro", conta André Balaban, diretor da agência Grupo de Criação, de Joinville. Segundo o criativo, o ano tá só no começo, mas será difícil alguém "superar" este outdoor. "Incrível como ainda tem alguns clientes sem a menor noção de utilização de um meio tão bacana como o outdoor. Acho que ele é 'hours concours' no Prêmio do Chico Socorro...", completa Balaban.

15 de mar de 2010

O perfil de Jesus

Em torno de balões brancos e amarelos, e uma mesa repleta de guloseimas, 14 miuneiros conversaram sobre a Sexta-feira Santa, entrando principalmente no mérito da cruz como símbolo de tortura e, ao mesmo tempo, esperança.

Para quem não pode comparecer, o estudo está disponível na íntegra aqui no site, na sessão homônima.

--

Hoje, porém, escrevo a fim de adiantar o próximo tema sobre o qual refletiremos, que é o perfil de Jesus. Nosso amigo Filipe é quem está preparando uma série de estudos, baseado no livro "Em 6 passos o que faria Jesus - novíssimo manual de conduta do seguidor de Jesus", de Paulo Brabo.

O jornal A Notícia de ontem dedicou um espaço para a obra, que vale a pena ser lido:

Para um católico que é regido pelos ensinamentos da cartilha da Igreja, com base nos Evangelhos, os pensamentos de Paulo Brabo podem ser avaliados como arrogantes. Mas para um religioso, ou melhor, cristão mais ponderado, essas ideias mostram uma visão bem madura dos ensinamentos de Cristo.

O livro “Em 6 Passos o que Faria Jesus – Novíssimo manual de conduta do seguidor de Jesus” apresenta conceitos que se forem levados a sério e praticados – e é isso que Brabo sugere – exigiria uma mudança radical do que geralmente é apresentado pela doutrina da Igreja. Talvez para melhor.

Brabo motiva a uma reflexão do comportamento de Cristo, além da imagem de um espírito evoluído que encarnado para se tornar um homem político que pregou o respeito e o amor pelo próximo com simplicidade. Brabo escreve que Jesus constumava agir de forma bem diferente dos cristãos contemporâneos, que se dizem seguidores da doutrina do filho de Deus. “Ao contrário de nós, Jesus não saía pelo mundo distribuindo certezas. Num sentido mais profundo, o que ele fazia era semear dúvida, especialmente na mente dos que estavam certos de que sua postura morais e seu procedimentos religioso lhe haviam cercado de seguranças firmes e definitivas”, escreve.

Na análise dessa postura é que estão embasados os seis passos sugeridos pelo autor. Como todo livro escrito sobre Jesus, revela suposições com base em estudos bíblicos e de doutrinas religiosas que revelam as ações dele sobre a terra. Brabo se baseia nos seus conhecimentos talhados em anos de reflexão.

Paulo Roberto Purim é o seu nome verdadeiro. Ele foi apelidado de “brabo” e adotou esse codinome como sobrenome para assinar as obras. Ilustrador profissional e devorador de livros, Brabo mora em Curitiba numa casa que ele chama de “Monastério de São Brabo”. Para ajudar a difundir seus pensamentos, criou um site chamado Bacia das Almas (www.baciadasalmas.com). A página virtual é definida como “repositório final das ideias condenadas à reformulação eterna”.


Seguindo a linha da simplicidade, Brabo resolveu colocar em prática essa postura e editou o livro sem capa – só um papel com uma gramatura mais dura e que envolve as 78 páginas preenchidas em textos curtos, mas profundos.

Numa de suas avaliações do comportamento do filho de Deus, diz que Jesus queria gerar uma postura nova nos homens que desconfiassem das regras porque sempre estamos dispostos a usá-las a nosso próprio favor. Jesus não é apresentado como um ser que passa a mão na cabeça dos homens e só olha para as dores e clemências. Ele instiga. Faz a pessoa olhar para dentro de si. Provoca a busca do auto-conhecimento e não deixar se seguir pelas regras e doutrinas impostas. A inteligência vem da alma, não dos conceitos formais apresentados para regrar a sociedade. “Jesus distribuía, sem trâmites, perdão e aceitação, mas não reservava paciência para os que o buscavam procurando orientação ética, isto é, conforto das certitudes morais. Tudo o que queremos é um manual com normas muito claras e um grande mestre diante do qual buscamos sanar dúvidas. Jesus recusou esse papel e não oferecia a ninguém o alívio que buscavam”, escreve o curitibano.


Fique ligado! A discussão de ontem foi muito positiva, o que promete ainda mais reflexão em torno do assunto. Da mesma forma, o que vem por aí com certeza acrescentará muito na nossa vida cristã.

13 de mar de 2010

Se liga!

Conforme já postado aqui, amanhã (14/3) recomeçam as reuniões semanais da MiUni.

Tudo está sendo preparado com muito carinho. O tema de nossa reflexão já foi definido: Sexta-feira Santa. De acordo com o pastor Renato Becker, que conduzirá o encontro, nossa atenção será centrada no símbolo cruz - onde é mesmo que se percebe a esperança neste símbolo tão cruel de tortura?

Se eu fosse você, não perderia. Até porque algumas surpresinhas também estão te esperando :)

Lembrando que a reunião inicia às 20h30 e o endereço é Av. Santos Dumont, 324 - Bom Retiro.

12 de mar de 2010

Livros digitais para universitários

A Fundação Editora da Unesp lançou ontem a Coleção Propg Digital, com 44 obras inéditas em formato digital, das áreas de Ciências Humanas, Sociais e Aplicadas, Linguística, Letras e Artes. As obras foram publicadas sob o selo Cultura Acadêmica, que também inaugurou seu site próprio: www.culturaacademica.com.br. O programa de publicações de livros foi originalmente previsto para o formato digital e tem acesso gratuito.

11 de mar de 2010

Falta pouco!

Atenção, atenção! Não marquem nada a partir das 20h30 do próximo domingo, pois seu compromisso é com a MiUni.

Siiiiiim, no dia 14 recomeçam as reuniões semanais da Missão Universitária. É uma ótima oportunidade para você rever amigos e, é claro, fazer novas amizades. Tenho certeza de que você tem muito a contribuir para as discussões de vários universitários do barulho que estão muito a fim de entrar nas faculdades e alcançar ainda mais jovens.

Não perca tempo: venha conosco viver o amor de Deus no meio universitário!

Ah, a primeira reunião promete algumas surpresas. Se eu fosse você, não perderia, não.

Paróquia São Mateus (Av. Santos Dumont, 324 - Bom Retiro), todos os domingos, às 20h30, numa sala cheia de puffs confortáveis que fica aos fundos.

10 de mar de 2010

Designices

Para os designers de plantão, uma boa dica de compras pode ser encontrada no site Designices. Desta vez, oito títulos que podem ser encontrados por menos de R$ 50 - e onde. Dá uma olhada:

ABC da Bauhaus – Bauhaus e a teoria do design, de Ellen Lupton e J. Abbott Miller

Mais do que referencial, histórico e cheio de imagens para inspiração, a dupla de autores contextualiza o movimento e discute como essa escola alemã de design se relaciona com outras áreas e como a psicanálise pode ser relacionar com a geometria das formas que a Bauhaus usava, o círculo, o quadrado e o triângulo. É bem nerd e diferente de todos os outros que vi de Bauhaus em português. Lugar mais barato: Fnac, R$ 44,00

Alexandre Wollner e a Formação do Design Moderno, de André Stolarski

Livro + DVD de uma entrevistona com o Alexandre Wollner, talvez o pioneiro do design contemporâneo brasileiro. Ele fala da relação de design e arte, design e publicidade e do que está sendo produzido atualmente. Lugar mais barato: Americanas, R$ 44,90

As Leis da Simplicidade, de John Maeda

O designer-artista-e-professor-do-MIT John Maeda dá, em 10 lições, dicas para encontramos mais facilmente a simplicidade no trabalho e no que produzimos. Tem até um blog que ele lançou pra continuar o livro, o The Laws of Simplicity. Lugar mais barato: Americanas, R$ 27,90

Do Maíz à Maizena – Um Layout de 140 Anos, de Tadeu Costa

A embalagem de Maizena sempre pareceu “igual” pra todos. E num mundo de propagandas e logos que não duram muito, como permanecer sem modificações por muito tempo (afinal, 140 anos é muita coisa, né?)? É o que Tadeu Costa explica nesse livro, rápido e gostoso de ler, além de mostrar todas as mudanças da embalagem, comerciais de TV, anúncios e calendários de receitas. Lugar mais barato: Fnac R$ 25,50

Linguagens do Design – Compreendendo o Design Gráfico, de Steven Heller

A possibilidade da leitura não-linear e o ótimo conteúdo me agradaram bastante. O autor mostra diversos “ícones” do design e conta sua história e curiosidades, como a Suástica, o símbolo da paz, cartazes, caixas de fósforos japonesas, embalagens de aparelhos de barbear…Lugar mais barato: Fnac, R$ 38,25

Nova York – A vida na cidade grande, de Will Eisner

Livro de quadrinhos, sim. Mas para os preconceituosos, não é qualquer tipo de quadrinhos. É Will Eisner. E nesse livro ele mostra o cotidiano dos moradores das grandes cidades em diversas situações divertidas, inteligentes e extremamente bem resolvidas. No mínimo é genial. Lugar mais barato: Fnac, R$ 39,90

O Mundo é Mágico – As Aventuras de Calvin e Haroldo, de Bill Watterson

A simplicidade e inocência do Calvin nessa coletânea de suas tirinhas. Ideal pra dar aquela “quebrada” entre um livro de design e outro. Lugar mais barato: Submarino, R$ 19,90

Projeto Tipográfico, de Cláudio Rocha

Cláudio Rocha é tipógrafo brasileiro, trabalha com isso desde 1975, é diretor da Oficina Tipográfica São Paulo (leia o post “Curso de composição tipográfica manual Módulo I – Cartão de visita” e também o “Módulo II – Cartaz” e editor da Revista TIPOITALIA, idealizador e editor da Revista Tupigrafia, entre muitas outras atribuições. Nessa publicação ele conta de características da tipografia digital e analógica, a trajetória das fontes tanto técnica quanto estética, além de comentar tipos serifados, sem serifa e manuscritos. Essa é uma reedição revisada e ampliada do primeiro livro de tipografia que li na vida. Lugar mais barato: 2AB Editora, R$ 33,48