28 de abr de 2010

Pintando o 7

Eis que descobrimos mais um talento em nosso meio...


O novo talento descoberto na MiUni é ele mesmo, o corintiano roxo Thiago de Andrade Pereira. Na foto, ele está degustando um delicioso drink de água, trigo e vinagre, devido ao mal-estar temporário (leia-se dor de barriga) do qual foi acometido no retiro


Nosso amigo Thiago deu um trato nas fotos e colocou a MiUni em dois super lugares, dá uma olhada:


Primeiro, MiUni numa bela praia em dia de sol. "Levei o pessoal para o lindo Balneário Paradisíaco de Itapocu", disse o artista, que tem uma residência na referida praia (na rua Boto Cor-de-Rosa, para ser mais específico)

Pra completar, a MiUni na Ilha de Lost, mas, é claro, Not Lost


Parabéns, Thiago! As ideias foram supimpas, bem como as montagens :)


PS¹: a publicação de todo o conteúdo foi aprovada por escrito pelo autor das obras.
PS²: a rua Boto Cor-de-Rosa, em Itapocu, existe mesmo, como vocês podem ver no mapa abaixo (ou clicando aqui):


27 de abr de 2010

Ação entre amigos

No último domingo, antes do encerramento do retiro, a MiUni realizou o sorteio da ação entre amigos, que presenteou uma senhora com uma bicicleta moderníssima. Para provar que o sorteio esteve livre de fraudes, assista o vídeo abaixo: confira o número sorteado e a expectativa dos pessoal. Infelizmente, também houve um pouquinho de frustração, visto que a ganhadora estava se apresentando em Joinville, com o Coral da São Mateus, e não pode ser contactada na hora.



Balanço: foram vendidos 500 números, a R$ 2 cada um. O dinheiro arrecadado será revertido para a compra e a instalação de um ar-condicionado na sala da MiUni. Nosso muito obrigado a todos que colaboraram comprando e vendendo números!

Mudando de assunto...

Novo canal: o vídeo acima pode ser visto diretamente no YouTube, no canal MiuniJoinville. Com este canal, podemos divulgar a Missão Universitária também por meio de vídeos. Ajude a divulgar esta ideia!

O vídeo abaixo também já pode ser assistido no canal MiuniJoinville. Em pouco mais de dois minutos, alguns lindos rostinhos de miuneiros em fase final do retiro... É muita simpatia, hein? :)

26 de abr de 2010

O Retiro

Caros leitores, não se assustem ao ver o tamanho do texto, tampouco desistam de lê-lo. Nele, coloco um pouco do que pudemos aprender e vivenciar nos dois dias de retiro. Logo, logo posto mais fotos e algumas curiosidades sobre o final de semana (a citar, por exemplo, nossas novas amigas-objetos Nhénhe, Rebeca e Fraldinha).

Quem não foi, realmente perdeu! Por isso, agiliza aí e vem pra MiUni. Com certeza você poderá usufruir de ótimos momentos com uma galera do barulho que te espera de braços e sorrisos abertos.

Deus! Um delírio: ateísmo e secularismo

Confesso que ao saber o tema do primeiro retiro de 2010 da MiUni, fiquei um pouco assustada. “Vamos falar sobre não crer em Deus?”, pensei. E essa dúvida me deixou ainda mais empolgada para o final de semana que compreendeu os dias 24 e 25 de abril.

A chuva que havia embalado o sono dos miuneiros na noite de sexta-feira continuou a cair no sábado, mas, nem por isso, houve desânimo. Pouco depois das 8h, saímos de Joinville com muita expectativa para um retiro que prometia amizade, comunhão e, é claro, muito aprendizado.

Ao chegar em Itajuba, nos instalamos em apartamentos de frente para o mar que, mesmo com a chuva, parecia nos recepcionar em grande estilo. “Que lugar bacana!”, foi um dos primeiros comentários. Preparamos o espaço para as reuniões na garagem do edifício. No entanto, o frio e o barulho alto do mar nos impediam de ouvirmos satisfatoriamente uns aos outros. Depois de uma dinâmica de apresentação, resolvemos então nos instalarmos na sala do apartamento das meninas.

Por falar em apresentação, foi nesse momento que pudemos conhecer melhor algumas pessoas que tornaram o retiro da MiUni ainda mais especial. Primeiro, o palestrante Claudio Beckert, que estava acompanhado da esposa Ana Paula e do filho lindo, de dois aninhos, Leonardo; depois, a família que, de antemão havia se oferecido para cuidar de todas as refeições, composta por Glauco, sua esposa Dirlene e filhos Sara e Gustavo que, no auge de seus três anos, também arrancou muitos sorrisos dos miuneiros.

Cibele, Ana, Thiago e Irma em momento de descontração
(nenhum deles sabe explicar o motivo das "poses", acreditem)

Delírios

Como num jogo de futebol, no sábado nosso estudo foi dividido em dois tempos. Depois de um almoço delicioso com massas e molhos, Claudio abordou a história de Cabo Verde, baseado no livro Icabode, de Rubem Amorese, que nos permitiu compreender que a organização das cidades é feita em torno do sagrado. Ele, que é graduado em Jornalismo e Teologia, soube tratar muito bem do tema ao qual estava proposto, expondo que, em tempos de desobediência, nos quais muitos falam sobre Deus sem conhecê-lo realmente, a modernidade impõe três forças: a pluralização (o império das diferenças), a privatização (o império das indiferenças) e a secularização (o império dos sentidos).

No intervalo do jogo, quer dizer, do estudo, nossos cozinheiros de plantão já haviam preparado uma mesa farta com bolos, bolachas, café e outras coisinhas engordativas. Como bem pontuou nossa amiga Fernanda Crema: “Quem está de dieta nem deve vir para o retiro”.

Making-of da foto oficial, com o marzão como plano de fundo

Com força total os jogadores do time da MiUni voltaram para a continuação daquele assunto curioso. Claudio passou a esquematizar a partida, então, com o tema “ateus ontem e hoje”. Explicou a diferença entre o ateísmo implícito (fraco) e o ateísmo explícito (forte), citando pensadores que escreveram sobre, como Voltaire, Darwin, Marx, Nietsche, Sartre e, a partir de 1941, pensadores mais agressivos, como Dawkins.

Para terminar o tempo normal de jogo, a citação do teólogo Paul Tillich incitou ainda mais os miuneiros ao debate: “Deus não existe. Ele é o próprio ser além da essência e existência. Portanto, argumentar que Deus existe é negar-lhe”.

Religulous

Ao final da partida, os jogadores foram liberados para banho, jogos, passeios e, por fim, um bufê de pasteis: tinha de frango, carne, queijo e até de banana. Estava de lamber os beiços, realmente. Satisfeitos, os miuneiros voltaram para o local de jogo, prontos para começar a prorrogação.

Mesmo aqueles que já começavam a bocejar foram despertos pelo documentário Religulous, de Bill Maher. Num tempo em que diariamente nos deparamos com pedofilia na Igreja, entre outros problemas, o filme dá o seu depoimento sobre a religião no mundo todo. Numa perspectiva ateísta, Religulous provoca e, em certos momentos, até ofende aos cristãos, à medida que Maher visita um parque de diversões cristão em Orlando, voa até o Vaticano e a Terra Santa, entrevista crentes e menos crentes e pessoas do porte de um senador norte-americano, um rabi que havia participado de uma conferência negacionista do Holocausto, e um homem que se diz o próprio Jesus Cristo.

Como se pode imaginar, o debate foi longo...

O segundo dia

Depois de uma noite bem dormida, nosso querido Pastor Renato acordou a todos, no domingo, com sua voz imponente entoando cantos (bem que ele havia dito que quem nos acordaria era o Roberto Carlos... bom, foi quase, quem nos acordou foi seu primo, Renato Carlos). No café da manhã, que, pra variar estava farto e gostoso, pudemos rir das caras de sono da maioria e do mau humor de outros. Felizmente, tudo momentâneo.

Dentes escovados, assentos tomados e a programação teve início com o P. Renato nos falando sobre a cura que se encontra em Jesus. “Essa cura é de graça. Mas por que, quando as coisas são de graça, não as levamos tão em consideração?”, questionou.

Foi então a vez de Claudio retomar a palavra, enfatizando que, de Deus, se fala caminhando com Ele. “Nossas atitudes passam a ser a Bíblia que as pessoas lêem”, afirmou. Ao mesmo tempo, perguntou o motivo de nossa dificuldade para acreditar no invisível: “Será que temos medo de acreditar num Deus invisível por medo de perder nossa liberdade, uma vez que Deus nos dá consciência de assumir nossos erros?”.

Com várias coisas novas tomando nossos pensamentos, nos dirigimos para a sala do apartamento ocupado pelo P. Renato (bem organizado, por sinal), para fazer um brinde à MiUni e a avaliação do retiro que estava chegando ao fim. Fizemos também o sorteio da ação entre amigos, que deu uma bicicleta moderníssima para uma senhora (que, infelizmente, não recordo o nome agora).

E como não podia faltar, um ótimo churrasco gaúcho, especialmente preparado pelo P. Renato, com vários acompanhamentos, foi desfrutado por todos aqueles que, sem dúvida alguma, tiveram sua fé em Deus fortalecida e sua comunhão com as pessoas vivida de forma intensa.

Eis o local do retiro... ou não. Fica a dica! :)

25 de abr de 2010

Foto oficial


Depois de um final de semana SUPER legal com a MiUni em Itajuba, uma foto (daquelas oficiais) para registrar os lindos rostinhos presentes neste primeiro retiro do ano. Ao longo da semana, mais fotos e um pouco do que pudemos aprender e vivenciar em dois dias bem aproveitados.

23 de abr de 2010

Nota de falecimento

Pessoal, recebi esta notícia pelo P. Renato e, com pesar, deixo publicado aqui, para que também possamos interceder:

"Porque estou bem certo de que nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as coisas do presente, nem do porvir, nem os poderes, nem a altura, nem a profundidade, nem qualquer outra criatura poderá separar-nos do amor de Deus, que está em Cristo Jesus, nosso Senhor" (Rom. 8:38-39)

É com grande pesar que comunico o falecimento do Pastor Primeiro Vice-Presidente da IECLB, Homero Severo Pinto, ocorrido hoje, às 4h30, no Hospital São Lucas, da PUC Porto Alegre.

Muitas pessoas acompanharam a enfermidade do nosso irmão Homero, e muitas foram as orações para seu restabelecimento. Por isso, gostaria de solicitar que nos cultos deste final de semana as comunidades fossem informadas sobre o ocorrido. Pediria também que as intercessões fossem feitas. A) De agradecimento, pela vida, pelo testeminho e pelo serviço prestado por Homero e, b) para que Deus fortaleça e console a família enlutada.

Walter Altmann

Pastor Presidente

22 de abr de 2010

O retiro está chegando!!!

Galera, notícias fresquinhas sobre o super retiro da MiUni programado para o próximo final de semana (24 e 25 de abril) em Itajuba.

Compras feitas, apartamentos verificados e programação detalhada. Teremos tempo livre, diversão, churrasco, jogos, ótimas oportunidades pra jogar conversa fora e por aí vai...
Prepare-se!

Sábado
8h - saída em frente a Paróquia São Mateus

9h - chegada em Itajuba (reconhecimento e arrumação dos quartos)

9h30 - dinâmica para apresentação
(preparem-se, porque lá vem coisa de Cibele)
10h - tempo livre

12h30 - almoço

14h - louvor

14h30 - trabalho teológico com o palestrante Cláudio Beckert Jr.

16h - cafezinho

16h30 - livre

19h - janta

20h - trabalho teológico parte II

21h30 0 culto dinâmico

22h15 - livre

Domingo
7h - alvorada (segundo o Renato, ao som de Roberto Carlos - é esperar pra ouvir)

8h - café da manhã

8h45 - trabalho teológico parte III

9h15 - reunião a la MiUni

10h15 - avaliação do retiro

10h45 - tempo livre

13h - super churrasco gaúcho (especialidade do Renato, com muito pão de alho, claro)

14h30 - arrumação

15h - hora de dar tchau e ficar na expectativa para o próximo retiro

Isso sem esquecer que durante o retiro faremos o sorteio da bicicleta, da nossa ação entre amigos. Já vendeu todos os números? E comprou também? A bike é realmente moderníssima, como o Renato anunciou em nosso culto. Se eu fosse você, compraria muitos números, pra, quem sabe, ter alguma chance contra mim, porque eu é que vou ganhaaaar! (tomara, tomara)

Pra dar mais uma animada, confere algumas fotos do último retiro, lá de Campo Alegre:






Renato mostrando como se faz um verdadeiro churrasco gaúcho. Primeira e principal lição: jamais - jamais mesmo - esqueça de comprar muito pão de alho!

É, fica supimpa!!!









No sábado à noite, fizemos uma celebração ao redor da fogueira. Quem esteve presente pode confirmar que foi muito especial.

20 de abr de 2010

Criatividade

Duas notas interessantes publicadas hoje no Acontecendo Aqui:

1. A Starbucks, mostrando sua preocupação com a natureza, realizou uma ação que presenteou os clientes que levaram a qualquer uma das lojas participantes a sua própria tumbler (copo térmico) ou uma mug (caneca). A marca tem a meta de tornar 100% de seus copos reutilizáveis ou recicláveis até 2015. A ação oficial é chamada de "Uma pessoa pode salvar árvores, juntos podemos salvar florestas".





2. A Nike lançou um vídeo para a sua linha Free Run +, onde os DJs Tomoaki Yanagisawa e Daito Manabe fazem sons e montam músicas utilizando os tênis da marca como instrumentos musicais.


16 de abr de 2010

Arte na arte

Que tal usar o tal do 3D para fazer piada com os antigos quadros de arte? Os arteiros que fizeram isso foram encomendados pela Samsung:


15 de abr de 2010

Ringo Starr não aceita perdão do Vaticano aos Beatles

A notícia abaixo, de Luciano Borborema, foi publicada ontem no site da rádio Eldorado. O que você pensa disso?
O perdão do Vaticano aos Beatles foi recusado pelo ex-baterista da banda, Ringo Starr. “O Vaticano não disse que nós éramos satânicos ou possivelmente satânico – e ainda assim nos perdoou? Eu acho que o Vaticano tem mais a dizer sobre que os Beatles”, revelou o músico na última terça-feira, 13 para a CNN, durante uma entrevista para promover o seu novo disco, "Y Not", o 15º de sua carreira solo.

O perdão do Vaticano aos Beatles foi anunciado no último fim de semana, quando completou 40 anos que a banda terminou. O perdão foi publicado no jornal do Vaticano, “L’Osservatore Romano”. “É verdade, eles usaram drogas; levados pelo sucesso, tiveram vidas dissolutas”, diz um artigo do jornal. “Até mesmo chegaram a dizer que eram maiores que Jesus”, recorda o texto, lembrando da declaração de John Lennon em 1966 de que enfureceu os católicos de todo o mundo. “Mas, ao ouvir as suas músicas, tudo isso parece distante e sem sentido. Suas belas melodias, que mudaram a música pop para sempre e seguem nos despertando diferentes emoções, seguem intactas, como pequenas pedras preciosas”, completa o jornal.

13 de abr de 2010

Dia do beijo

Hoje, 13 de abril, é o dia do beijo. Não se sabe quem foi o responsável por conceber uma data para uma das principais expressões de carinho, pois costuma-se dizer que beijo não tem dia nem hora certa. E é verdade, né? Vale o beijo apaixonado, afetuoso, entre namorados, entre amigos, de mão para filho, de filho para o pai, o beijo de bom dia, de adeus, de juras de amor...

Pesquisando um pouco sobre a data, achei algumas informações interessantes no G1. O site expõe que, ao longo dos séculos, beijar representou muito mais do que um gesto de carinho: entre os hebreus, o beijo era afetuoso e realizado nas saudações. Além disso, marcava a reconciliação ou o perdão. Isso, sem esquecer que foi com um beijo que Judas identificou Jesus aos seus perseguidores... "Jesus, porém, lhe disse: Judas, com um beijo trais o Filho de Deus" (Lucas 22:48). Entre os persas, o beijo simbolizava a classe social: homens do mesmo padrão de vida se beijavam na boca; se um dos homens era de classe inferior, o beijo era dado no rosto.

Na Idade Média o beijo simbolizava caridade, e era usado em rituais como um gesto elitista e exclusivo dos homens. Também marcava o acordo entre senhores feudais e seus vassalos. A partir do Renascimento, o beijo na boca deixou de fazer parte dos ritos oficiais e se tornou exclusivo dos amantes. Na igreja católica, por exemplo, os beijos sagrados ficaram restritos aos dados pelos fiéis ao padre no altar, aos recém-casados ao final da cerimônia, e ao gesto marcado pelo Papa João Paulo II de beijar o solo de cada país no qual desembarcava.


No cinema
O primeiro beijo na boca registrado no cinema foi no filme "O Beijo", de 1895, entre os atores May Irvin e John C. Rice. O longa metragem "Asas", vencedor do primeiro Oscar, em 1927, registrou o primeiro beijo entre homens, no rosto, de forma fraternal.

Na TV
O beijo sempre foi um "personagem" marcante na televisão. O primeiro beijo em novela na TV brasileira foi dado entre a atriz Vida Alves e o galã Walter Foster, em "Sua vida me pertence", de 1951.


Saiba mais: além do dia do beijo, em 13 de abril também se comemora o dia do jovem, do office-boy e do hino nacional brasileiro.


12 de abr de 2010

Baixa imunidade?

Em tempos de reforço extra para a gripe Influenza A H1N1, é essencial ter o sistema imunológico funcionando a pleno vapor. De acordo com matéria publicada no site da GNT, a alimentação pode ajudar muito nesta tarefa, pois a baixa imunidade está diretamente ligada à falta de nutrientes.

O alto nível de estresse também é uma das causas da baixa imunidade. Para não sofrer com esse problema, principalmente a correria diária, a dica é praticar atividades que promovam o bem-estar, como yoga e atividades físicas. Se mesmo assim ficar difícil de evitar o estresse, dê prioridade a alimentos como alho, iogurtes probióticos, abacate, ovo caipira, cebola e frutas cítricas, pois eles incrementam o sistema imunológico.

Assim como alguns alimentos ajudam, outros prejudicam. Por isso, fique atento ao funcionamento de seu organismo, principalmente ao consumir açúcar, leite e derivados. Nutricionistas atentam que tais opções podem ser um risco para muitas pessoas.

Galocha fashion

Se você pensa que as botas de borracha ficaram no passado, compondo seu estilo somente durante o período do jardim de infância, devo lhe informar que está errado. Meninas, dá para se proteger e ainda ficar chique nas estações frias e, em Joinville, tipicamente chuvosas. Aos meninos, ótima dica para deixar os pés de suas namoradas/mães/irmãs longe da água.

De acordo com a estilista Ana Strumpf, dá para ser muito chique de galocha, desde que não seja usada em dia de sol. Tem que não goste, é claro (eu mesma não tenho opinião formada sobre esses calçados fashion), mas a galocha ficou tão cool que grifes como Chanel, Dolce & Gabbana e Marc Jacobs aderiram à moda.

E aí, vai escolher algum modelo?





9 de abr de 2010

Joquempô

Com certeza você conhece a famosa brincadeira de pedra, papel ou tesoura (também é chamada de joquempô, derivado da palavra japonesa Jan-Ken-Pô), certo?

Eis que o jogo ganhou mais um atrativo, podendo ser jogado a partir de uma camiseta. É isso mesmo: como a realidade aumentada está com tudo nos dias de hoje, foi lançada uma camiseta interativa com o jogo de pedra, papel ou tesoura embutido nela. Graças a essa tecnologia, você pode vestir a camiseta e jogar sozinho contra o computador, porque o adversário é processado virtualmente.

O site Essential dá a dica de baixar o símbolo da camiseta em pdf (clicando aqui). Aí, é só ligar a webcam, entrar nesse mesmo site e começar a brincadeira. Tá confuso? Dá uma olhada nas "intruções":

Balada silenciosa?

É isso mesmo. Por mais contraditório que possa parecer, aconteceu na última terça-feira, dia 6 de abril, a Nokia Silent Club. Na boate Sonique, em São Paulo, 200 fones de ouvidos foram distribuídos ao público, que pode se divertir ao som de alguns DJ's.

Confira no vídeo a nova onda da balada... o silêncio:


8 de abr de 2010

Brasileiros se exercitam menos

Todo mundo sabe que para ter uma vida saudável é importante cuidar da alimentação e praticar atividades físicas. Embora estas recomendações estejam sendo cada vez mais difundidas, no Brasil as pessoas parecem estar fazendo o caminho inverso: pesquisa divulgada ontem, dia 7 de abril, pelo Ministério da Saúde aponta um aumento no número de pessoas sedentárias no país. Os números apontam 24% a mais do que a média registrada em 2006.

De acordo com a notícia publicada no portal R7, uma das causas do sedentarismo é a troca dos exercícios pela televisão, o que demonstra que as pessoas optam cada vez mais por um lazer passivo ao invés de praticar esportes.

No que diz respeito aos hábitos alimentares saudáveis, a pesquisa constatou que o brasileiro passou a comer mais frutas e hortaliças se comparado ao ano passado. No entanto, aumento no consumo de produtos gordurosos, refrigerantes e sucos de caixinha também foi registrado.

E aí, em que número das pesquisas você se encaixa?

7 de abr de 2010

5 de abr de 2010

Notícias do front

O olhar de amigo alegra ao coração; as boas-novas fortalecem até os ossos (Pv 15:30)

Alô, alô, pessoal! Algumas notícias quentinhas diretamente do QG da MiUni:

1. Na reunião do último domingo continuamos o estudo com base no livro "Em seis passos, o que faria Jesus", de Paulo Brabo. Desta vez, demos conta dos passos 3 e 4. Se você não pode ir, não esquenta! Os estudos já estão postados, na íntegra, ali na sessão homônima.

2. Nos dias 24 e 25 de abril acontecerá o primeiro retiro da MiUni de 2010. Será na praia de Itajuba, num lugar com infraestrutura adequada para atender o grupo, além de espaço amplo e conforto. Iremos para lá em caravana (é, tipo auditório do Silvio Santos mesmo), quer dizer, nos organizaremos em carros e aí, cada um acerta a verba do combustível com o motorista. Como é pertinho, o valor fica bem pouquinho :) O palestrante será Claudio Becker, que discorrerá sobre um tema que me parece render muito debate e aprendizado: "Deus! Um delírio: ateísmo e secularismo". Temos 30 vagas, das quais 22 já estão preenchidas. E seu nome, já está na lista de inscrição? Não? Então correeeeeeee! Não dá pra ficar de fora dessa.

3. A ação entre amigos da MiUni continua. São 500 números, ao valor de R$ 2, que dão direito a concorrer uma super bicicleta. Em tempos nos quais o trânsito de Joinville está diariamente mais caótico, e o planeta pede socorro por conta da poluição, nada melhor que uma pedalada pra amenizar essas questões, né? Venda, compre... só não deixe de participar! Lembrando que o valor arrecadado será revertido para os calorentos da MiUni, digo, para a compra e instalação de um ar condicionado na nossa sala linda e confortável (aproveito para dar um recado aos mosquitos que não nos deixaram em paz na reunião: seus dias estão contados háháhá).

4. Estão sendo boladas camisetas da MiUni. Em breve mais informações (preço, modelo, essas coisas). Mas ó, tenha certeza de que vai ficar muito legal, mais ainda se vestir seu corpinho!

That's all, folks! Qualquer dúvida, já sabe, né? É só enviar um e-mail pra miuni.blog@gmail.com, ou deixar comentário aqui no site mesmo :)

Não façais nada por competição e por desejo de receber elogios, mas por humildade, cada um considerando os outros superiores a si mesmo (Fp 2:3-4)

Mary e Max - Uma amizade diferente

Mary e Max - Uma amizade diferente conta a história de Mary Dinkle, uma menina gordinha e solitária, de oito anos, que vive nos subúrbios de Melbourne, e Max Horovitz, um homem de 44 anos, obeso e judeu que vive com Síndrome de Asperger no caos de Nova York. Alcançando 20 anos e 2 continentes, a amizade de Mary e Max sobrevive muito além dos altos e baixos da vida. Mary e Max é uma viagem que explora a amizade, o autismo, o alcoolismo, de onde vêm os bebês, a obesidade, a cleptomania, a diferença sexual, a confiança, diferenças religiosas e muito mais.

Com estreia prevista para abril, Mary e Max - Uma amizade diferente é dos criadores do curta de animação Harvie Krumpet, vencedor do Oscar. Clique aqui para assistir ao trailer.


4 de abr de 2010

Páscoa... o antes e o novo

Os dias passam muito depressa!

Os apelos por coisas novas – novos produtos, novas tecnologias, nova forma de se vestir, nova maneira de se portar, novas gírias, nova dieta... – inundam nossas mentes e aceleram nossos desejos.

Mudar é bom, é necessário. Ficar sempre na mesmíce, envelhece, deixa a gente insensível para as coisas novas que as novas pessoas podem nos ensinar.

A Páscoa, com a história da paixão e morte de Jesus, Sua ressurreição e vitória sobre a morte, pode ter o mesmo efeito sobre nós. Para algumas pessoas é história velha e repetida à exaustão. Para outras é fonte de mudança e tomada de decisão.

Quero ilustrar este pensamento com uma história que um Pastor da nossa Igreja escreveu certa vez.

É uma história, uma história de Páscoa. Ela se dá no mundo animal, num lamaçal, onde morava uma libélula e uma sanguessuga. O inseto e o verme não conheciam outro mundo. Eles estavam restritos ao local onde moravam. Era tudo o que conheciam.

A libélula nadava sobre a água lodosa e observava o que se passava. Não, não que estivesse insatisfeita, estava tudo bem normal assim. Mas parecia pressupor que existia um mundo melhor. Ela percebia, sobre a água, uma sombra em movimento. Concluía haver algo além do ambiente no qual vivia.

No mesmo lamaçal também estava a sanguessuga a nadar. A libélula a interpelou:

– Eu estava observando aquela sombra que vem lá de cima e chego à conclusão que existe algo além da lama na qual vivemos. Olhe lá. Dê só uma olhada!

– Pare com esta conversa. Você está redondamente enganada. Acredite em mim, sou uma experiente sanguessuga. Já andei por muitos caminhos. Este lamaçal é o nosso mundo e o mundo é um lamaçal... e aqui nos resta viver. Às vezes consigo tirar o sangue de uns e outros, afinal também preciso sobreviver. Mas isso é tudo.

– Mas como pode, eu vi a sombra e a luz!, exclamou a libélula.

– Você se engana, não invente coisas, respondeu a sanguessuga. E a vida continuava naquele lamaçal.

Certo dia, quando a libélula estava observando as alturas, teve uma estranha sensação. Ela se retorceu e nela nasceram asas. Embora ainda insegura, começou a voar. As suas asas brilhavam no sol. Deixou para trás o lamaçal, os restos de decomposição orgânica e a influência da sanguessuga. Viu e sentiu um outro mundo!

Esta é uma história de Páscoa. Este mundo é um lamaçal e seguidamente ficamos nele atolados. A libélula vivia no lamaçal, mas pressentia que havia algo melhor. Ela reparava, perguntava e esperava. Esperava! Esperava porque sabia que algo poderia mudar. Esperava!

“... mas os que esperam no Senhor renovam as suas forças, sobem com asas como águias, correm e não se cansam, caminham e não se fatigam” (Isaías 40.31).

Quem tem esperança ingressa num novo mundo. Mas, paradoxalmente, este mundo parece não permitir que alguém continue esperando. O mundo da ação imediata (às vezes, imediatista) não trabalha mais com a possibilidade de olhar para Deus e esperar dEle Sua intervenção milagrosa. O mundo centrado no poder das pessoas não admite a espera que fracassos impõem às pessoas. Não há espaço para aquilo que não signifique prosperidade. A graça da cruz se torna inexpressiva porque tem cheiro de derrota. A libélula observou. Ela esperou, contra todas as evidências. Criou asas e saiu do lamaçal. Quando nascem em nós as asas da esperança chamada Jesus, a esperança da fé e do amor, começamos a voar e agir, libertos da lama que nos cerca.

Páscoa é a libertação dos limites! É um olhar para dentro da esperança!

Não está assim com Deus a minha casa? Pois estabeleceu comigo uma aliança eterna, em tudo bem definida e segura. Não me fará ele prosperar toda a minha salvação e toda a minha esperança? afirma o rei Davi em 2 Samuel 23.5.

O que nos limita? Dificuldades, doença, morte, desespero, miséria? Seriam as falsas promessas e as desilusões? Seriam as traições? Ou a própria falta de fé? Neste lamaçal qual a postura que adotamos? A da sanguessuga ou a da libélula?

Davi, ao fazer um balanço da sua vida toda, ainda acreditou na esperança. Nem todos os seus objetivos haviam sido alcançados, mas esperava que fossem. E assim ficou em paz.

Deus escolheu a vida, a morte e a ressurreição de Cristo para mostrar que esse mundo tem salvação e pode viver da esperança ativa e transformadora. Como o profeta Isaías bem observou, naquele dia, o Renovo do SENHOR será de beleza e de glória; e o fruto da terra, orgulho e adorno, brotando das profundezas da morte e da sombra dos poderes do mal.

Não fiquemos acomodados no lamaçal que pode agora estar nos envolvendo. Esperança não é sinônimo de acomodação nem no dicionário. Contra a pressa impensada do mundo, tenha esperança. Aja com esperança. Semeie com esperança. Existe esperança, existe salvação. Ela se encontra na Páscoa. Ela se encontra na ressurreição de Jesus Cristo.


O texto foi escrito pelo P. Rolf Rieck, publicado (juntamente com a imagem) no portal Luteranos. Para ler mais artigos sobre essa data especial que comemoramos hoje, a Páscoa, clique aqui.

2 de abr de 2010

O rosto de Jesus

Da BBC Brasil: Especialistas recriam o rosto de Jesus em 3D - quem sugere a notícia é o nosso amigo Thiago.

"Uma notícia legal pro site", percebeu.

Especialistas em computação gráfica usaram técnicas modernas de criação de imagens de 3D para recompor a imagem da face retratada no Santo Sudário, que muitos acreditam ser o rosto de Jesus Cristo.

A experiência foi feita especialmente para o documentário de TV "The Real Face of Jesus?" ("O rosto real de Jesus?"), do History Channel.

Os artistas tiveram acesso ao Santo Sudário, uma peça de linho que muitos cristãos acreditam ter sido usada para cobrir o corpo de Jesus após a crucificação. Sua autenticidade é debatida há anos por cientistas. O tecido traz uma imagem fantasmagórica do corpo de um homem que foi crucificado.

O artista de computação gráfica Ray Downing, que participou do projeto, é o mesmo que recriou em 3D o rosto do ex-presidente americano Abraham Lincoln, usando mais de cem fotos.

De acordo com Downing e com John Jackson, físico da universidade americana do Colorado que estuda o Santo Sudário desde 1978, a relíquia é singular, pois ela contém dados em três dimensões sobre o corpo da pessoa que foi enterrada.

Isso acontece porque o Santo Sudário foi enrolado em todo o corpo, em vez de apenas cobrir a face.

"A presença de dados em três dimensões é bastante inesperada e também é única", diz Downing. "É como se a imagem contivesse um manual de instruções sobre como se construir uma escultura."

O Santo Sudário, que pertence ao Vaticano, fica guardado na Cappella della Sacra Sindone do Palácio Real de Turim, na Itália.

Entre os dias 10 de abril e 23 de maio, a Catedral de São João Batista, em Turim, fará uma rara exibição pública da relíquia, que, acredita-se, deve atrair milhões de pessoas.

O papa Bento 16 fará uma visita ao local no dia 2 de maio. A última exibição pública do Santo Sudário foi há dez anos.


Clique aqui para ver a galeria de fotos.